International Karting
InstagramFacebookTwitterYoutubePocketMags
Vroom Logo

Após recesso, Regional da Serra voltou com fortes emoções e muitas disputas em Farroupilha

Após recesso, Regional da Serra voltou com fortes emoções e muitas disputas em Farroupilha
News & Previews

Próxima etapa, antecipada, será nos dias 12 e 13 de setembro

 
 
FARROUPILHA (RS) - Após um recesso de cerca de três meses, o Campeonato Regional da Serra - um dos mais importantes do kartismo no Sul do Brasil - esteve novamente em intensas atividades, com sua 3ª etapa, que reuniu 44 pilotos em Farroupilha (RS), no Kartódromo Cesar Francischini. Acostumado a receber um número bem maior de inscritos, o promotor do evento vê um motivo primordial para a diminuição do grid nesta etapa.
 
"Recentemente, a menos de um mês, tivemos a realização do Campeonato Brasileiro no Rio Grande do Sul, com a participação maciça dos pilotos gaúchos, em número superior a 60", analisa Erno Drehmer, que nos últimos três anos promove o Regional da Serra, criado em 2011 por Carlos Giacomello e José Carlos Fedrizzi. "Os custos foram altos e nesta etapa muitos pilotos optaram por não participar. Na próxima rodada teremos a volta deles e novamente vamos superar a casa de 70 inscritos", afirma.
 
Seis categorias foram à pista e a primeira delas teve dupla vitória de Augusto Rotta, que reafirmou sua posição de líder na categoria após três rodadas e seis baterias. Filipi da Cás foi o 2º e assumiu a mesma posição na tabela de classificação, à frente de Diego Courseil, terceiro na etapa. Eduardo Lazzari foi o 4º, posição que ocupa no campeonato.
 
A Cadete, outra categoria de base, foi a seguinte a ir à pista e quem venceu - pela primeira vez na ainda curta carreira - foi Bernardo Cardoso, filho, sobrinho e neto de pilotos consagrados no automobilismo gaúcho. Gustavo Pegoraro foi o 2º e, com isso, os dois inverteram suas posições na tabela de pontos, com Cardoso agora em 2º e Pegoraro em 3º. Henrique Vieira, que lidera o campeonato, foi o 3º colocado. Na Mirim, que não pontua para o campeonato, mas corre agrupada com a Cadete, Lorenzo de Oliveira subiu no degrau mais alto do pódio, ladeado por Luis Eduardo Rodrigues em 2º e pelo estreante Rafael Bastos em 3º.
 
Renan Busse dominou as duas baterias da Graduados e garantiu o primeiro lugar na etapa, porém ainda sem conseguir alcançar o líder André Vollmer, que terminou em 2º, na classificação geral. Augusto Fontanella fechou os três primeiros, seguido por Arthur Vargas e Guilherme Rusche.
 
A Tag, dividida em duas, teve domínio de Luiz Fernando Trevisan, vencedor das duas baterias e que agora assume a liderança da divisão principal. Marlo Binsfeld foi o 2º, mesma posição que passa a ocupar na classificação geral, seguido por Saulo Rudeck. Julio Pires, 4º na etapa, é o novo terceiro colocado. A salientar o triplo empate na disputa pelo 2º lugar, decidido pelo melhor resultado na 2ª bateria. Jeferson Abel, que recentemente sagrou-se campeão brasileiro na Sênior B, foi o 5º.
 
Maico Marques, que estreava na edição 2015 do Regional da Serra, foi o vencedor das duas baterias da Tag Super. Atrás dele chegaram Flávio Azevedo, que mantém-se líder na divisão, Milton Zili, Daniel Claudino e Saul Leite. Zili e Claudino, com os resultados, continuam em perseguição ao líder e ocupam, respectivamente, a 2ª e a 3ª posição.
 
Fechando a rodada, a Fireball revelou um novo líder no Regional da Serra. Carlos Duarte, vencedor das duas baterias, superou Daniel Prado na tabela de classificação e passa a ser o primeiro colocado. Emilio Otto foi o 2º no pódio, acompanhado de "Choka" Sirtuli (3º), Cezar Cauduro (4º) e Diego Lanfredi (5º). Prado, que não pontuou na primeira bateria, foi o 6º e caiu para a vice-liderança.
 
Por fim, e não menos importante, a Sênior competiu agrupada com a Fireball e um de seus pilotos, Vilson Viapiana, venceu a segunda bateria na geral. Viapiana foi o vencedor das duas provas da Sênior e lidera a competição, seguido por Douglas Balardin, 2º colocado também na etapa.
 
O Regional da Serra terá sua próxima etapa - com pontuação dobrada - nos dias 12 e 13 de setembro, uma semana antes do originalmente previsto, já que sofreu uma modificação em seu calendário divulgado no final da temporada passada. Ainda mais atrativo em 2015, o campeonato este ano prevê o descarte de duas baterias, não da mesma etapa, o que deixa a briga pelos títulos ainda mais aberta e acirrada.
 
Confira o resultado da etapa após a soma de pontos das duas baterias:

FIREBALL JÚNIOR
1 Augusto Rotta - 30 pontos
2 Filipi da Cás - 24
3 Diego Courseil - 20
4 Eduardo Lazzari - 16
 
CADETE
1 Bernardo Cardoso - 27 pontos
2 Gustavo Pegoraro - 27
3 Henrique Vieira - 21
4 Arthur Gama - 18
5 Jean Vitor Boniatti - 12
6 Lorenzo Jung - 10
7 Antonella Bassani - 9
8 Lorenzo de Oliveira - 5
9 Luiz Eduardo Rodrigues - 4
10 Arthur Cousseau - 4
11 Rafael Bastos - 0
 
GRADUADOS
1 Renan Busse - 30 pontos
2 André Vollmer - 22
3 Augusto Fontanella - 22
4 Arthur Vargas - 14
5 Guilherme Rusche - 11
6 Rômulo Nascimento - 8
 
TAG
1 Luiz Fernando Trevisan - 30 pontos
2 Marlo Binsfeld - 20
3 Saulo Rudeck - 20
4 Julio Pires - 20
5 Jeferson Abel - 12
 
TAG SUPER
1 Maico Marques - 30 pontos
2 Flávio Azevedo - 20
3 Milton Zili - 18
4 Daniel Claudino - 18
5 Saul Leite - 16
6 Davi Oliveira - 0
 
FIREBALL
1 Carlos Duarte - 30 pontos
2 Emilio Otto - 20
3 Choka Sirtuli - 15
4 Cezar Cauduro - 14
5 Diego Lanfredi - 13
6 Daniel Prado - 12
7 Joel Grasselli - 9
8 Paulo Cesar Euzebio - 8
9 Julio Courseil -7
 
SÊNIOR
1 Vilson Viapiana - 30 pontos
2 Douglas Balardin - 24
 
 
Da Redação, Vroom Kart Brasil - Foto: Idalicio Umpierre

OKKART srl © COPYRIGHT 2018 | VAT IT02629390598 | Privacy Policy - Cookies Policy