International Karting
InstagramFacebookTwitterYoutubePocketMags
Vroom Logo

Light realizou terceira etapa com recorde de inscritos da temporada

Light realizou terceira etapa com recorde de inscritos da temporada
News & Previews

Kartódromo Aldeia da Serra recebeu a competição que marcou, também, o início do projeto Piloto do Futuro

 
 
São Paulo (SP) - A temporada do kartismo nacional segue em ritmo acelerado neste primeiro semestre. Após as duas primeiras rodadas em janeiro e março o Kartódromo Aldeia da Serra, na grande São Paulo, recebeu neste sábado (11) as competições válidas pela terceira etapa do calendário anual.
 
Em um dia de tempo firme e calor 119 competidores estiveram na pista separados em oito grids distintos. Fazendo a sua estreia na competição o projeto Piloto do Futuro, que oferece isenção no valor de aluguel de motores para os garotos da Cadete, já mostrou que tem potencial e trouxe o número de participantes de 15 na etapa anterior para 21, nesta terceira rodada dupla.
 
Com muita competitividade os pilotinhos da Cadete que abriram a programação do dia. Como sempre os equipamentos tinhham rendimentos muito parecidos e quem acabou ficando com a pole-position foi Carlos Schaefer, com a marca de 48s296. Nas duas corridas a competitividade falou muito alto. Com disputas muito acirradas a primeira prova foi vencida por Gabriel Crepaldi e, a segunda, por Pedro Braga. Porém, com dois segundos lugares, o grande vencedor da rodada foi Rafael Câmara, que com isso, ampliou sua vantagem no Campeonato.
 
A categoria Júnior Menor foi a segunda a entrar na pista. O nível das disputas já foi determinado ainda na tomada de tempos quando, separados por menos de um décimo, estavam os cinco primeiros colocados do grid. Matheus Morgato porém, que não lhe garantiram o sucesso imediato na rodada. Foram duas corridas extremamente disputas, intensas trocas de posição mas que acabaram sendo vencidas pelo mesmo piloto. Derek Ryan, nos momentos de definição, se mostrou com extrema calma para se posicionar bem no circuito e ganhar as duas corridas.
 
Duda Naves, com o tempo de 40s040 foi o pole-position da Júnior. Apesar de um pequeno decréscimo no número de pilotos as provas desta categoria também foram extremamente disputadas. Vale lembrar que assim como a Graduado as duas classes são as únicas que competem com motores próprios, preparados, na Copa SP Light. Juan Crespi venceu a primeira corrida enquanto que, Marcel Colleta, venceu a segunda.
 
Fechando a programação da manhã os competidores da Sprinter foram para a pista. João Victor Dias mostrou porque tem se despontado como uma das revelações da temporada e com a marca de 40s979 garantiu a primeira posição para o grid de largada. Nas corridas, que por sua vez tiveram grande disputa entre os quatro primeiros colocados, o paulista Guido Cotta conseguiu se sobressair ganhando as duas provas e somando o máximo de pontos da etapa.
 
Passadas as cerimônias de premiação das provas da manhã 19 concorrentes da
Graduado tomaram o traçado. Um mix de grandes pilotos estava na pista que foi marcado pelo encontro de três gerções. Com a marca de 39s497 André Nicastro cravou mais uma pole-position para a sua carreira. Com sua grande experiência o piloto conseguiu segurar os ataques dos demais concorrentes e venceu a primeira prova. Na segunda, porém, Olin Galli foi quem levou a melhor. As duas provas realmente foram muito competitivas e levantaram o bom público presente.
 
Sênior e Sênior "B" correram juntas na segunda rodada de corridas da tarde. João Cunha estabeleceu o melhor tempo da classificação com a marca de 41s239. As disputas, muito marcantes pela representação de pilotos de fábrica, teve cunha vencendo a primeira corrida seguido após grande pega com Onassis de Souza e Alain Sisdelli. Luiz Eduardo Salau venceu na "B". Na segunda bateria, após firmar-se na liderança, Sisdelli garantiu a vitória da "A" e Paulo Lopes foi o primeiro, da "B".
 
A categoria Super Sênior, como tradicionalmente acontece, teve um bom grid representado por 15 pilotos. Ricardo Thomazi que faz a sua temporada de estreia na classe ficou com a pole ao registrar o tempo de 41s368. Renato Russo, porém, com toda a sua experiência, esperou o momento certo e, se recuperando após partir do oitavo lugar, venceu a corrida. Na segunda prova, com o grid invertido dos seis primeiros, foi a vez do primeiro lugar ficar com o carioca Christiano Mattheis.
 
Encerrando a programação do dia de corridas a F4 foi para a pista representada por 12 competidores. Marcus Borges foi o pole-position ao marcar o tempo de 44s652. Marcus, após disputa acirrada, conseguiu se garantir na ponta e vencer a primeira prova. Na segunda, porém, foi a vez do goiano Pedro Lima garantir a sua primeira vitória na Copa SP Light.
 
"Tivemos um sábado que começou com grande alegria, ao darmos a luz verde para o projeto Piloto do Futuro. No decorrer das atividades tivemos corridas muito disputas e, como sempre, grandes duelos. Agradeço mais uma vez ao apoio da RR Racing Team assim também como a todos os pilotos que nos prestigiaram e vieram correr nesta etapa. Mês que vem tem mais!", comentou Rafael Cançado, promotor do Campeonato.
 
A quarta rodada da Copa São Paulo Light, que encerra o primeiro turno da temporada, será mais uma vez no Kartódromo Aldeia da Serra, no dia 22 de maio.
 
Da Redação, Vroom Kart Brasil - Foto: Lydia Reis

OKKART srl © COPYRIGHT 2018 | VAT IT02629390598 | Privacy Policy - Cookies Policy