International Karting
InstagramFacebookTwitterYoutubePocketMags
Vroom Logo

Super Kart Brasil passa a ter apenas uma edição por ano

Super Kart Brasil passa a ter apenas uma edição por ano
News & Previews

Campeonato terá mudanças, após as cinco edições realizadas em 2013.


O Super Kart Brasil (SKB) terá mudanças a partir da próxima temporada. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (dia 23), após almoço entre os idealizadores do evento e representantes da FASP. O encontro aconteceu no Hotel Transamérica, que será parceiro do SKB 14.

A partir de 2014 o SKB será realizado anualmente, com uma única edição, a princípio no mês de janeiro. A próxima disputa já tem data e local: o SKB 14 acontecerá nos dias 25 e 26 de janeiro, no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, São Paulo.

Criado em 2010 e idealizado pelos maiores campeões do kart nacional (André Nicastro, Danilo Dirani, Dennis Dirani, Paulo Carcasci, Renato Russo, Ruben Carrapatoso e Sérgio Jimenez), o SKB cumpriu seu objetivo de reunir ao longo das últimas edições os melhores pilotos, nas melhores pistas, com os melhores equipamentos. E comprovou que é possível fazer eventos em prol do kartismo, com custo acessível e dando aos pilotos mais chances de andar e correr, com quatro baterias por categoria em cada disputa. Além disso, distribuiu em média 40 mil reais em prêmios por evento, reunindo mais de 180 kartistas por edição.

A mudança se dá em virtude dos compromissos profissionais assumidos pelos criadores do projeto, que em 2014 não teriam tempo suficiente para se dedicar ao evento. Por isso, o SKB passa a ser anual a partir da próxima temporada.

"Quando, em 2010, o Jimenez me procurou e falamos sobre a ideia de criar um evento com o nosso regulamento, da forma que nós - como pilotos - acreditávamos que seria melhor para os competidores, criamos o SKB. E conseguimos ao longo de todas as edições fazer o melhor para o kart de elite, com quatro corridas por categoria, duas tomadas de tempo, para que o piloto tivesse realmente tempo para treinar e mostrar seu talento. Atingimos nosso objetivo e acho que comprovamos que sim, é possível fazer um evento de kart de alto nível e com custo de inscrição acessível e condizente com o que estava sendo proporcionado aos competidores", comentou Paulo Carcasci.

"Mas, nos reunimos ao final deste ano, onde foram realizadas cinco edições, e vimos que os compromissos profissionais de cada um em 2014, nos impediriam de continuar realizando tantas provas. Eu vivo na Europa, vou trabalhar na World Series e GP2 no ano que vem. O Jimenez corre na Stock e no exterior e os demais pilotos também terão vários eventos. Não seria possível nos empenhar da forma como gostaríamos para o SKB, com tantas provas. Então, tomamos a decisão de mantermos uma prova por ano, em janeiro, que a princípio acreditavam ser um mês fraco, em virtude das férias, mas que já mostramos que há muitos pilotos que querem andar e competir logo no início do ano. Então, a partir de agora, vamos trabalhar para sempre fazer um grande evento no começo do ano, mantendo os mesmos ideais, que foram traçados desde o começo", completou Carcasci, que é heptacampeão brasileiro de kart.

Fonte: FG Com
Foto: Divulgação

OKKART srl © COPYRIGHT 2018 | VAT IT02629390598 | Privacy Policy - Cookies Policy