International Karting
InstagramFacebookTwitterYoutubePocketMags
Vroom Logo

Renovado, Paulista mantém relevância na base do esporte a motor brasileiro

Renovado, Paulista mantém relevância na base do esporte a motor brasileiro
Events

O Campeonato Paulista integra a lista das três principais competições da modalidade no país. Maior entre todos os estaduais brasileiros, o Paulista se consolidou ao longo da história como um polo de formação de talentos do automobilismo. E ainda mantém a áurea de importância para quem o vence.

A relevância de um campeonato que formou nomes como Tony Kanaan, Rubens Barrichello, Hélio Castroneves e uma série de outros talentos é mantida e comprovada pela média de participantes na temporada 2013. A competição chega no próximo fim de semana à sua quinta rodada do ano com um histórico de mais de 100 pilotos inscritos em cada uma das quatro rodadas anteriores.

Para os chefes de equipe do kartismo que atuam em São Paulo, o interesse de pilotos de todo o país em disputar o Paulista se deve ao alto nível técnico da competição. "São Paulo é o grande centro do kartismo brasileiro. O nível é tão alto que, se a gente analisar, praticamente todos os campeões brasileiros dos últimos anos são pilotos que correm por aqui. Muitas vezes o piloto é natural de outro estado, mas faz toda sua carreira em pistas paulistas", avalia Cláudio Dantas, que atua como chefe da equipe Sabiá Racing no Paulista desde 1992.

Com o status de principal competição do estado, o Campeonato Paulista serve, também, de laboratório para as novas medidas implantadas pela Federação de Automobilismo de São Paulo - cujo departamento de kart é dirigido, desde 2012, por Luiz Marcello Santos, que foi chefe de uma das equipes que acumulou o maior número de vitórias no Campeonato Paulista no final dos anos 90 e início dos anos 2000 - a Faster Motorsport.

"O Campeonato Paulista é, por exemplo, a única competição de São Paulo a adotar as câmeras on-board nos karts para auxiliar os comissários desportivos em casos de incidentes e punições. Essa é uma medida que a Comissão Internacional de Kart já adotou nas provas de campeonatos mundiais, e que a FASP implantou no Paulista. A Federação vem trabalhando para modernizar o campeonato, adequando-o à realidade do esporte", destaca Luiz Marcello.

A postura adotada pela Federação também foi destacada por outros chefes de equipe. "A chegada do Marcello abriu um canal de comunicação entre os pilotos, as equipes e a Federação. Ele constantemente conversa com os times para ouvir opiniões. Já é uma vitória. Sinal de que a FASP está buscando melhorar o esporte",  avalia Onassis Souza, chefe da equipe ONS Motorsport, que nasceu no Rio de Janeiro e hoje é uma das potências no kartismo nacional.

O palco da rodada deste fim de semana é o mais tradicional do Campeonato Paulista de Kart: o Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, na zona sul da capital. A expectativa é que, mais uma vez, o número de pilotos ultrapasse a marca de 100 participantes nas 10 categorias que compõem o Paulista de Kart 2013.

No sábado, cada classe disputa duas corridas válidas pela nona etapa do campeonato. E no domingo, mais duas corridas por categoria valendo a décima etapa. A entrada para o público é franca e as atividades no kartódromo começam às 8 horas com os treinos classificatórios. A primeira corrida de cada dia está marcada para às 10h15.

Fonte: Inova Comunicação
Foto: Luiz Pinheiro

OKKART srl © COPYRIGHT 2018 | VAT IT02629390598 | Privacy Policy - Cookies Policy